Historial

A Comissão Económica e Social para a Ásia-Pacífico das Nações Unidas (UNESCAP) é um organismo regional do Secretariado das Nações Unidas, sedeado na região da Ásia-Pacífico, e dedicado na formulação de projectos orientados para os resultados, na prestação de assistência técnica e no reforço da capacitação dos Membros, de modo a ajuda-los a enfrentar os desafios consideráveis na região.

A UNESCAP, fundada em 1947, com Secretariado em Bangkok, Tailândia, conta actualmente com 53 Membros e 9 Membros Associados. Macau aderiu àquela Comissão como Membro Associado em 1991. O âmbito geográfico da UNESCAP estende-se desde a Turquia, a Oeste, até à nação de Kiribati, na Ilha do Pacífico, a Leste, desde a Federação Russa, a Norte, até à Nova Zelândia, a Sul. A população atinge os 4,1 mil milhões, quase dois terços da população mundial.

 

Objectivos

O objectivo geral da UNESCAP é a promoção da prosperidade comum, da igualdade e do desenvolvimento sustentável nas vertentes económica e social na região da Ásia-Pacífico. Após a adopção da "Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável" (Agenda 2030) por todos os Estados Membros das Nações Unidas, em Setembro de 2015, a UNESCAP aprovou, em unânime, uma Resolução em 2016, empenhada em ajudar os Membros a implementar os objectivos de desenvolvimento, incluindo:

  • Promover a integração equilibrada das três dimensões do desenvolvimento sustentável e fornecer informações actualizadas e sugestões aos Membros.
  • Apoiar o planeamento do mapa do roteiro regional para Agenda 2030 por forma a enfrentar os desafios pela execução da Agenda na região da Ásia-Pacífico
  • Reforçar apoio aos Membros na execução de programas integrados da Agenda 2030
  • Dar continuidade à oferta de oportunidades de capacitação aos Membros, através de realização de fóruns entre os profissionais e as autoridades governamentais

Estrutura

A UNESCAP é liderada pela 1 Secretária Executiva e coadjuvada por 2 Secretários-Executivos Adjuntos. Reúne-se anualmente, a nível ministerial para discutir questões relevantes relacionadas com o desenvolvimento inclusivo e sustentável da região da Ásia-Pacífico, e adoptar resoluções.

Em articulação com a aplicação de resoluções, a estrutura da conferência da UNESCAP é composta por 9 comités:

  • Comité de Política Macro-económica, Redução da Pobreza e Financiamento para o Desenvolvimento
  • Comité do Comércio e de Investimento
  • Comité dos Transportes
  • Comité sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento
  • Comité de Tecnologias de Informação e de Comunicação, Ciência, Tecnologia e Inovação
  • Comité para a Redução de Risco de Desastres
  • Comité para o Desenvolvimento Social
  • Comité de Estatísticas
  • Comité de Energia
Cada Comité, em função das suas áreas de competências e necessidades regionais, promove o diálogo e a troca de experiências a nível regional, bem como apresenta projectos de resolução e supervisiona a implementação das resoluções. 

 

Relações entre a RAEM e a UNESCAP

O Governo da RAEM tem vindo a apoiar o trabalho desenvolvido pela UNESCAP e aprecia o seu contributo para o desenvolvimento económico e social da região da Ásia-Pacífico. O Governo irá continuar a participar, de forma empenhada, em reuniões e formações organizadas pela UNESCAP, reforçando, neste sentido, o intercâmbio com outros Membros, dando acesso a informações actualizadas assim como a experiências valiosas da região.